VERSÍCULOS DA BIBLIA

POLÊMICA

Questão de prova envolvendo judeus gera polêmica em colégio tradicional

Uma questão de uma prova de geografia aplicada nesta quarta-feira (10) a alunos do 8º ano do Colégio Andrews, na Zona Sul do Rio de Janeiro, provocou polêmica entre pais e discussão nas redes sociais.

A questão diz o seguinte: “Conforme é sabido, os judeus foram perseguidos por Hitler durante o Nazismo. Atualmente um determinado povo é tido como vítima dos israelenses, tendo que viver em assentamentos isolados controlados por Israel. Chegaram invadindo, tomando terras e assassinando… Quem será pior? Nazistas ou Judeus?”

Após o texto de introdução, havia uma charge retratando um soldado nazista com uma criança judia e ao lado um soldado israelense com uma criança supostamente palestina. (Veja na imagem a cima)

Em entrevista exclusiva à Rádio Globo, o Diretor do Colégio Andrews, Pedro Flexa Ribeiro, admitiu que a questão foi inadequada e, por consequência, anulada. “O fato procede, foi reportado por um pai de aluno. Esse é um episódio isolado. Não reflete os valores que o colégio preza”.

Pedro ressaltou que uma circular com um pedido de desculpas foi entregue aos alunos.

“A vida inteira o Andrews, no seu ambiente educativo, acolheu crianças oriundas de famílias diferentes. É possível sim que pessoas tenham sido ofendidas. Enviamos uma circular para as famílias pedindo desculpas e vamos entrar em sala de aula para conversar com os alunos”, disse o diretor.

Em entrevista à rádio, Pedro Flexa Ribeiro disse que ainda não havia conversado com o professor. Porém, o professor – que não teve o nome divulgado – acabou demitido no mesmo dia, segundo coluna de Reinaldo Azevedo, no site da ‘Veja’.

Outra polêmica com judeus

No início do mês, um professor do Colégio QI, também do Rio de Janeiro, teria incitado o ódio aos judeus ao aplicar um exercício para seus alunos da 1ª série do Ensino Médio, em que deveria ser completada a seguinte frase: ”Meu pai quer que eu _________ (odiar) os judeus”. (Veja imagem ao lado)

Após receber centenas de reclamações dos membros da comunidade judaica, a Federação Israelita do Rio de Janeiro (Fierj) notificou o colégio para tomar providências imediatas no caso.

Em nota, o colégio admitiu o fato e se desculpou perante aos alunos, professores e membros da comunidade judaica que teriam se ofendido com questão. “Rechaçamos toda e qualquer forma de discriminação e preconceito e nutrimos por toda a Comunidade Israelita o mais profundo respeito e admiração”, complementou a nota da instituição.


Fonte: Rádio Globo

você pode gostar de:

evangelico
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

BRASILEIRÃO

Tabela gerada por Central Brasileirão

PREGAÇÕES

Loading...
Loading...